Algumas considerações iniciais

Tentarei manter uma regularidade nas postagens, mas não combinarei prazos. Por ser uma das válvulas de escapes utilizadas por mim, deixarei que este blog seja alimentado de acordo com a inspiração, e não com o calendário.

Gosto dos comentários. Não são, para mim, apenas um sinal de popularidade, como a maioria dos blogs que vejo. Eles têm um significado maior, que é o de saber como as pessoas que aqui estão pensam sobre os assuntos que comento. Portanto, fique à vontade para escrever. Na medida do possível, responderei a cada um deles.

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

SUMAVEM




Te odeio,
menosprezo,
vai-te embora
e suma, vem.

Te ignoro,
enfim, desprezo,
se vá, outrora,
e suma, vem.

Te olho,
prezo,  não quero,
implora
e suma, vem.

Cedi,
não nego, 
e buscas, me entrego.
Agora
não suma, vem. 


5 comentários:

Anônimo disse...

está escrevendo poemas otimos ,muito bom.

Vitão disse...

Valeu Anônimo! Brigadão!

Anônimo disse...

Sua inspiração é tremenda,parabéns pela qualidade do seu poema,impressionante.

Vitão disse...

Brigado! Também gosto muito desse poema, ele corre num ritmo intenso.... volte sempre!

Anônimo disse...

o que dizer...
se tudo já foi dito?! 
É lindo!