Algumas considerações iniciais

Tentarei manter uma regularidade nas postagens, mas não combinarei prazos. Por ser uma das válvulas de escapes utilizadas por mim, deixarei que este blog seja alimentado de acordo com a inspiração, e não com o calendário.

Gosto dos comentários. Não são, para mim, apenas um sinal de popularidade, como a maioria dos blogs que vejo. Eles têm um significado maior, que é o de saber como as pessoas que aqui estão pensam sobre os assuntos que comento. Portanto, fique à vontade para escrever. Na medida do possível, responderei a cada um deles.

terça-feira, 8 de março de 2016

REINCIDÊNCIA




Chega um tempo em que não dá mais
Hora de rever, hábito para trás
Chega um tempo em que a insistência
Toma ares de reincidência
Macula traços de inocência
Expõe feridas cicatrizadas
Deturpa linhas de incoerência
É momento de decisão
De dar as caras, abrir o não
É a hora de insistir, buscar amparo, persistir
As chances se foram em vão
E antes que a sombra da solidão
Tome conta do que há
E preciso agir, e já!
Então assim se segue
Na verdade que se apegue
E no lamento basta lembrar
Dos apagões, equívocos, indecisões
E aí a dor há de tocar
Secando a fonte que tem de secar



Mentira estampada na cara - Simone e Simaria

2 comentários:

Adriana Lago disse...

"Chega um tempo em que a insistência toma ares de reincidência..."
PERFEITO!

Adriana Lago disse...

"Chega um tempo em que a insistência Toma ares de reincidência..."
PERFEITO!