Algumas considerações iniciais

Tentarei manter uma regularidade nas postagens, mas não combinarei prazos. Por ser uma das válvulas de escapes utilizadas por mim, deixarei que este blog seja alimentado de acordo com a inspiração, e não com o calendário.

Gosto dos comentários. Não são, para mim, apenas um sinal de popularidade, como a maioria dos blogs que vejo. Eles têm um significado maior, que é o de saber como as pessoas que aqui estão pensam sobre os assuntos que comento. Portanto, fique à vontade para escrever. Na medida do possível, responderei a cada um deles.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

AFINAL, O QUE QUEREM AS MULHERES?

Em primeiro lugar, peço desculpas pelo título, mera cópia de uma série de nossa querida (?) Rede Globo. Após isso, afirmo que não sei responder e não tenho a menor pretensão de fazer isso, afinal de contas, ninguém sabe o que uma mulher realmente quer. Mas sei de uma coisa que mulher não quer: homens chatos, daqueles melosos demais, pegajosos.

É comum não darmos valor para coisas fáceis, daquelas que a posse se dá no momento de nosso desejo. Não sei de onde vem a explicação disso, mas caminhar até se atingir um objetivo tem sim seu valor, ainda mais quando este objetivo está quase inacessível em determinando momento. O ser humano está sempre em buscar de superar seus limites, de dar aquele passo além, de conquistar o inimaginável.

Pensando nisso, busco na memória alguns casos em que vi como um cara pegajoso consegue afastar as mulheres em um período tão curto de tempo, logo naquela fase da conquista, onde tudo (ou quase tudo) é lindo, ninguém tem defeitos, o mundo gira em torno só daquela relação. Geralmente as pessoas se dão bem neste início, as pequenas arestas aparentes são facilmente contornadas, em prol de uma esperança de que a relação vai dar certo.

E eis que surge a figura do meloso. O meloso é aquele cara que fica com uma menina e espalha aos quatro ventos que está apaixonado, que encontrou a mulher da vida dele. Minutos após ele já está comprando milhares de presentes, buscando comprar um amor que não está, jamais, a venda. Não bastasse isso, ele vai e coloca uma bela foto dele com a menina na capa de suas redes sociais. Achou pouco? Para completar, ele liga a todo o momento, querendo saber como a menina está, onde está, com quem está. É o Big Brother do xarope, ele quer ver e saber da menina 24 horas por dia.

Muitas mulheres vão dizer que ficariam encantadas com um cara assim, que desse este tanto de atenção, tivesse esta quantidade de zelo. Eu duvido. Não estou afirmando que toda mulher gosta de cafajestes, que preferem ser mal tratadas, que não gostam de atenção. Absolutamente, não é isso. Só afirmo que este tipo de atitude, sufocante, pode até parecer legal no início, mas afasta qualquer mulher quando perdura por muito tempo. Todo mundo gosta de ser paparicado, mas ninguém troca estes mimos por uma falta de liberdade.

No início é que se estabelece algumas bases da relação. Lógico que com o tempo alguns traços da personalidade, sejam eles bons ou ruins, podem aparecer e ajudar no encantamento ou na desilusão, mas o inicio é importante para se passar uma boa imagem, mostrar o valor que se tem. Querer comprar e sufocar pode ter efeito inverso, afastar a pessoa ou, em casos mais críticos, provocar o uso daquela pessoa, que vai ser útil enquanto estiver dando algo, mas que perderá espaço assim que outro, com gestos bem mais simples, tomar o espaço que permaneceu vazio naquele coração.

É isso.

15 comentários:

disse...

Poxa vida!
Que coisa complicada... cada caso é um caso.
Mas posso resumir o que todas as mulheres querem em uma única palavra - segurança.
O cara pode ser ausente ou pode ser totalmente meloso e sufocante - mas se passar segunraça é o que vale.

Não tem nada pior do que gostar de um cara, estar com um cara que não te passa o mínimo de segurança. Daquele tipo que agora está com vc mas daqui uns minutos pode surtar e falar que não quer mais viver aquilo ali.

Um cara que consegue passar segurança pra mulher tem tudo. Pq a mulher vai se sentir bem e tranquila. Acho que o grande segredo está aí...
(:

Vitão disse...

Olá Lê,

Concordo contigo, acho que por isso, por esta questão da segurança que o homem passa, é que a gente vê mulheres aguentando de tudo ai, coisas mais absurdas, ao passo que a gente vê mulheres dispensando caras que fazem tudo por elas, mas que não passam, como você diz, a bendita segurança que um homem passa a mulher. Muito bem colocado este seu comentário, muito bom mesmo.

M.enal.i disse...

Gostei da sua visão! Segurança é importante sim, mas acho que não é ela que de fato procuramos. É a segurança que mantém, que alimenta, que estrutura e ela que dá a base a certos relacionamentos. É ela que faz você pensar no futuro e ter tranquilidade no presente. O querem as mulheres é simples: ser amado pelo amado. É recirprocidade que importa. Já senti segurança com alguém que não gostava tanto e já fui completamente insegura com alguém que gostei muito. O que me deixou mais insegura foi o que mais me marcou. Porque a insegurança mexe com todos nossos sentimentos, com nossos medos e angústias, nos impulsiona a sempre conquistar. E o cara que não passa segurança, não é que ele não goste, é que ele nunca tem certeza! Um opinião parcial, mas colaborativa...rs :)

Vitão disse...

Ola Menali!

É, acho um pouco relativo o que disse. Nem sempre amar faz com que um relacionamento seja mantido. É preciso mais que isso, é preciso atração, confiança e a tão falada segurança. Muitos amam muito e não conseguem manter um relacionamento por muito tempo. Acho que a insegurança até faz com que a gente se empenhe mais, ainda mais quando acreditamos de verdade que a relação pode dar certo, mas se ela perdurar por muito tempo, desilude, afasta. Enfim, palavras são palavras, né? A realidade talvez até seja um pouco diferente disso ai...

M.enal.i disse...

É verdade, a realidade pode ser diferente e, talvez, algumas coisas podem ser ainda inexplicáveis. (Quem o diga Sócrates) A única certeza que tenho é quanto mais sei, mais sei de que nada sei! :)

Mulher na Polícia disse...

Vitão...

Eu concordo com a Lê!
Mas acho que tem mais coisa por aí. Segurança só não basta, as mulheres também precisam se sentir atraentes, por exemplo.
; )

Beijo pra você!

Henrique disse...

Ótimo texto ,como sempre, Vitão. Abraços

Vitão disse...

Valeu Henrique, obrigado por ler e comentar.
Abraços

Leandro Pereira disse...

Victor li o texto e gostei muito. O homem em questão está vazio de si mesmo. Não conhece ou abriu mão de seus valores. Realmente mulheres costumam se afastar mesmo. Agindo assim ele torna a relação inviável. Claro, na melhor das hipóteses. Existe também a possibilidade de ele despertar o sadismo de alguém. Falo daquelas mulheres que procuram um companheiro não para o amor e sim para dominá-lo. É triste ver um ser humano se degradando.

Vitão disse...

Olá Leandro!
Obrigado por ler e comentar o texto. Concordo contigo, realmente há pessoas que esquecem de si mesmas e vivem em funções de outras, ainda que isto a anule completamente.
Valeu, até breve

Guilherme Freitas disse...

De fato as mulheres são complicadas e acho que jamais vamos saber como elas pensam e o que querem. Eu sou to tipo liberal, não fico em cima de ninguém e acho que um casal não deve ficar o tempo todo junto. Faço isso porque também não quero uma mulher colada em mim 24h por dia e me impedindo de fazer coisas que estou a fim de fazer, como sair com amigos. Acredito que confiança é a base para um relacionamento. Só confiando em alguém as coisas dão certo. Abraços.

Flaviana disse...

Cadê a censura quando se precisa dela?

Vou denunciar aos poderosos supremos para que censurem esse blog!!! Como assim? Você está revelando todos os nossos segredos, aqueles mais íntimos que aprendemos com nossas mães e são discutidos no banheiro quando todas nós (mulheres) saímos juntas e vocês não podem entrar. (risos)

Pow Vitor você até que tem razão. É complicado, pois quando se está apaixonada nada é muito claro, no entanto, a paixão é passageira e a realidade imperdoável.

Obrigada pela presença no meu blog. É voltei à ativa...

Abraços

Vitão disse...

Oi Flaviana?

Poxa, assim vou ficar me "achando" aqui. Ainda não sei nada da alma feminina, mas tento observar alguns movimentos, algumas experiências minhas e de pessoas próximas.

Brigadão por comentar aqui. Fiquei feliz por ter voltado a escrever.

Beijos, volte sempre!

Lílian Rodrigues disse...

Afinal, o que querem as mulheres? Nem eu sei.Sou mulher, mas acima de tudo sou um ser humano comum que, posso ou não, mudar de opinião, portanto, nem sempre sei o que quero. Eu sei que sou a criação sensível de uma parte do homem. Mas não me deixo ser dominada por causa disso. Acredito, que mesmo com todos os sentimentos do bem que posso possuir, ainda assim, procuro a razão. Como foi muito comentado aqui a questão da segurança, posso afirmar que de nada adianta todo o amor e não agir com a razão. De que me adianta amar e não ser amada, respeitada, compreendida, protegida? Para isso devemos agir com a razão, para que não sejamos capachos. Nem todas as mulheres agem com este dom, isto é para poucas. Há mulheres que são agredidas e mesmo assim permanecem ao lado do indivíduo que tanto mal lhes trazem. Mas, mulheres são criaturas maravilhosas. Nunca se contentam com o pouco e sempre querem mais. Mais sapatos, mais roupas, mais carinho, mais romantismo, mais alegria, mais atenção, mais amor e mais... e mais. Adoro ser mulher! Victor, vc abordou um assunto q gera diversas opiniões, esta é a minha. Amei seu post, só de um homem tentar entender uma mulher, está no caminho para saber o que ela quer. Beijos!

Tay disse...

Mulher é um "trem" complicado rs O desejo de uma pode não ser o da outra. O que não é ideal p/ mim, pode ser o máximo p/ tantas mulheres. Mas vamos lá... Tratando-se de relacionamento, a questão Segurança, em minha humilde opinião, seria o lance da pessoa confiar no taco que tem! Quando a questão é o outro (a), a pessoa necessita ter respeito e confiança! Ou você respeita e confia ou não existe relação em todos os sentidos!